A CEARENSE LISSANDRA SILVA

 

 

Fala galera! Nossa entrevistada de hoje é Lissandra Martins Silva Rodrigues, ela nasceu em Fortaleza, no dia 13/07/1992, mas mora em Maracanaú­-Ceara. A conheci no Hospital Sarah Fortaleza, em dezembro de 2013, meses antes ela tinha sofrido um acidente automobilístico que a deixou paraplégica. Entretanto, a mesma não se abateu e está tocando a vida normalmente com seu esposo.

 _DSC9124

Como foi sua infância e adolescência?

Foi muito divertida e tranquila, brinquei, aproveitei bastante com meus amigos.

 

LESÃO MEDULAR -CASADAPTAD

Qual seu nível de instrução escolar?

Tenho o ensino médio completo e pretendo cursar Administração.

Qual a sua profissão?

Sou auxiliar administrativo no Jornal O povo, mas estou afastada desde que sofri o acidente, e estava trabalhando lá há três meses, sinto muita falta de lá.

 

 

Para você como é ser mulher com deficiência num país, cujo padrão de beleza é o da barbie ( que é ser magra, alta, peituda, saudável, jovem, loira e ter um corpo “perfeito”)?

No começo era tudo muito diferente, quando saia de casa todos me olhavam com pena, mas a minha família e amigas foram fundamentais nesse momento, e hoje não tenho nenhum problema em relação a isso.

CADEIRA DE RODAS- LISSANDRA

Você cuida da sua beleza?

Sim com certeza. Mantenho-me saudável, vou ao salão de beleza arrumar o cabelo etc.

Já enfrentou alguma dificuldade para ter acesso a salões de beleza, clínicas de estética etc? Quais?

A única dificuldade que encontro é a falta de acessibilidade.

E quando o assunto é sexualidade…

Eu não tenho nenhum empecilho em relação a isso.

Você enfrenta ou já enfrentou alguma dificuldade para fazer consultas ou exames ginecológicos? Quais?

Graças a Deus, até agora não tive nenhuma dificuldade em quanto a isso, sou bem tratada.

10690218_622800317829828_4796792938654366880_n

 Que recado você deixa para nossos gestores e para a sociedade em geral, incluindo os que visitam a Casadaptada?

Gostaria de pedir que a sociedade tivesse mais respeito com pessoas com deficiência e respeitassem a acessibilidade e mobilidade com qualquer tipo de deficiência.

 

 

 

 

CADEIRANTE DE FORTALEZA-LISSANDRA