FIlipe Grizzo, de apenas oito anos, faz aula nas pistas do Autódromo San Marino, em Paulínia
 
Por GloboEsporte.com — Paulínia, SP
 
Foto: Vaner Santos / EPTV 
Garoto com paralisia cerebral usa kart como forma de tratamento e sonha em virar piloto profissional
Filipe Grizzo é um exemplo de como o esporte pode mudar a vida das pessoas para melhor. Após sofrer um AVC nos primeiros meses de vida, o garoto foi diagnosticado com paralisia cerebral e perdeu os movimentos do lado esquerdo do corpo. A evolução veio com velocidade – talvez não a esperada, mas a necessária.
 
Clique AQUI para ver o vídeo.
 
Hoje aos oito anos, Filipe acelera nas pistas do Autódromo San Marino, em Paulínia. O kart é o grande companheiro para superar as dificuldades impostas desde quase sempre, acelerar o tratamento e cultivar um hobby que o ajuda tanto a se distrair como melhorar de vida.
 
Resultado de imagem para Menino que sofreu AVC supera sequelas físicas no kart: "finjo que sou o Ayrton Senna"
Menino que sofreu AVC supera sequelas físicas no kart: “finjo que sou o Ayrton Senna
A relação com o automobilismo começou há um ano, quando o pai Tiago o levou para correr pela primeira vez. Filipe pegou gosto e agora concilia a modalidade com a escola e terapia.
 
– Há um ano, eu o levei para dar uma volta de kart, para ver quais as possibilidade dele em dirigir um kart, mas não sabia até onde ele poderia chegar. Para variar, ele surpreendendo sempre, a partir daí, começou a andar. É emocionante, é um orgulho ver ele nas pistas – disse o pai, emocionado.
 
Tiago ajuda o filho durante os intervalos nas pistas — Foto: Vaner Santos / EPTV
Tiago ajuda o filho durante os intervalos nas pistas — Foto: Vaner Santos / EPTV
 
Professor de Filipe, Rodrigo Pacetta destaca a qualidade do garoto com o kart. Há 20 anos na modalidade, o profissional garante que o menino não deixa a desejar para nenhum outro piloto e destacou o desenvolvimento na corrida.
 
– O kart exige muito do corpo, muitos profissionais são atletas. O Filipe, de todos os alunos que eu tive, foi o que desenvolveu mais rápido – explicou o professor.
 
Com um ano no kart, Filipe já supera os próprios limites. Se antes tinha dificuldade para segurar o volante com a mão esquerda, hoje já consegue fazer o movimento mais naturalmente. Acelerar também não é um problema: as voltas do garoto com o kart atingem 60 km/h.
 
A paixão pelo automobilismo fazem Filipe sonhar alto. Quer se tornar um piloto profissional. A inspiração? A mesma de quase todo brasileiro que entra nessa vida: Ayrton Senna, tricampeão mundial de Fórmula 1 e que, quando criança, iniciou sua trajetória no kart. É na história do ídolo, e na sua própria, que Filipe se motiva para pisar fundo.
 
– Eu gosto (do kart), desde os meus três anos eu queria correr. Me senti bem feliz, como um piloto, que nem o grande Ayrton Senna. Eu finjo que sou o Ayrton Senna e passo os outros. Quando eu lembro do Ayrton Senna, eu já enfio o pé na tábua.
 
Filipe Grizzo sonha em ser como Ayrton Senna — Foto: Vaner Santos / EPTV
Filipe Grizzo sonha em ser como Ayrton Senna — Foto: Vaner Santos / EPTV
 

Source: APNEN NOVA ODESSA: Garoto com paralisia cerebral usa kart como forma de tratamento e sonha em virar piloto profissional – Veja o vídeo.